QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 72030-120

+55 (61) 3563-1314

 
Confeitaria pode aumentar o faturamento de sua padaria

Confeitaria pode aumentar o faturamento de sua padaria

O custo por quilo de produto confeitado é, em média, 50% acima do custo do quilo de panificados, o que impacta positivamente no resultado das vendas

 

 

A composição do faturamento de uma padaria comum apresenta os panificados como líderes, com 60% do faturamento da produção. Entretanto, para aquelas que investem no setor de confeitados essa realidade é bem diferente. Como o valor pago pelo quilo do produto de confeitaria é muito maior (alto valor agregado), isso reflete na elevação do tíquete médio, no aumento do faturamento da empresa e também na lucratividade por funcionário.

Mas como acontece? Para entender o processo é preciso saber primeiro como é calculado o preço de um produto de confeitaria.

Fixando o preço

Para criarmos os preços de produtos de produção própria é necessário que avaliemos sua margem de contribuição, a participação nas vendas, os custos variáveis, custo fixo, despesas comerciais. No caso da confeitaria, existem outras variáveis necessárias para a realização desse cálculo. É preciso avaliar a produtividade, pois o custo/hora do funcionário de confeitaria é maior, tendo em vista que ele produz poucos quilos de produto quando comparado com um padeiro. Assim, o custo fixo por quilo fabricado é maior. Outro ponto importante a ser observado é o valor agregado do produto, considerando todas as matérias-primas de qualidade que são utilizadas, embalagens diferenciadas (sofisticadas ou não), entre outros valores que a confeitaria agrega.

Assim, alguns produtos de confeitaria cujo quilo é vendido até o valor de R$ 10,00 tem o seu mark-up girando em torno de 250% do valor da matéria-prima utilizada, sem contabilizar seus custos indiretos. Lembrando que mark-up é o percentual sobre o valor do produto adquirido (pré-determinado para cada um) levando em consideração sua rotatividade, as perdas e o preço de venda.

Ou seja: o custo por quilo de produto confeitado é, em média, 50% acima do custo do quilo de panificados, pois a variedade de matérias-primas é maior e assim gasta-se mais tempo na produção.

Impacto sobre o faturamento

Podemos afirmar que a confeitaria apresenta grande impacto positivo no faturamento, já que o valor pago pelo quilo do produto é maior. Investindo em confeitaria, estimulando as vendas e incentivando o consumo de confeitados é possível elevar o tíquete médio – o consumidor passa a gastar mais na padaria e, consequentemente, o faturamento aumenta.

Veja o exemplo de algumas padarias que investem em confeitaria:

Padaria 1

Confeitaria: 38%

Padaria: 29%

Revenda: 33%

Padaria 2

Confeitaria: 23%

Padaria: 45%

Revenda: 32%

 

Padaria 3

Confeitaria: 32%

Padaria: 33%

Revenda: 35%

 

Padaria 4

Confeitaria: 30%

Padaria: 30%

Revenda: 40%

 

Padaria 5

Confeitaria: 35%

Padaria: 20%

Revenda: 45%

Os dados acima apontam para cinco padarias em que a confeitaria tem representatividade muito grande no faturamento. A menor contribuição dos produtos confeitados chega a 23% e a maior a 38%, enquanto panificados variam de 20% a 45%. Isso significa o crescimento de vendas de produtos com alto valor agregado e faturamento maior da padaria, e aumento do lucro bruto por funcionário da indústria. 

 

QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 71950-770

+55 (61) 3563-1314 / (61) 3563-4776 / (61) 3562-2064

Facebook
Realizado por Amplitude Web.