QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 72030-120

+55 (61) 3563-1314

 
ASSADEIRAS NORMALIZADAS

ASSADEIRAS NORMALIZADAS

 

      A exemplo dos equipamentos, os acessórios, começando pelas assadeiras, passam a receber normas técnicas reguladoras da ABNT. Saiba o que isso significa e como as padarias serão beneficiadas

   Criar normas técnicas que regulamentem a fabricação de produtos específicos, as quais passam a ser obedecidas pelos fabricantes e fiscalizadas pelos órgãos governamentais é um sinal de evolução do mercado e respeito pelos clientes que irão utilizar estes produtos. O setor de equipamentos para padarias e confeitarias viveu esta realidade com o cilindro, amassadeira, modeladora, agora os fornos e no final todos os itens serão normalizados, para melhorar a segurança dos operadores e a melhoria dos produtos fabricados.
    Agora chegou a vez dos acessórios também serem normalizados, a começar pelas assadeiras. Para isso, a ABIEPAN – Associação Brasileira das Indústrias de Equipamentos, Ingredientes e Acessórios para Alimentos, conseguiu junto ao CB 04 – Comitê Brasileiro de Máquinas e Equipamentos, da ABNT, a Comissão de Estudos de Máquinas para Panificação (CE 04:019.02), no dia 4 de dezembro de 2012, a publicação da ABNT NBR 16.133 – Máquinas para Panificação – Acessórios – Assadeiras e Bandejas, norma que se destina aos produtos de panificação e confeitaria, que especifica requisitos de projeto e fabricação, bem como procedimentos de medição e matérias-primas que possam ser utilizadas em sua fabricação. No quesito matérias-primas, o destaque é a proibição da utilização direta do flandres, na produção de assadeiras, devendo, quando utilizado o flandres, obrigatoriamente haver uma película de revestimento.
       O que isso traz de mudança para você, que utiliza esteiras, assadeiras e bandejas para arrumar, deixar crescer, assar, esfriar e expor seus pães e doces? Segundo Roberto Buono, vice-presidente do setor de acessórios da ABIEPAN, uma evolução na qualidade, higiene e durabilidade das assadeiras. “A aplicação da película de revestimento sobre o flandres ou até a extinção desta chapa de metal trará inúmeros benefícios aos panificadores. Acabam-se aquelas assadeiras pretas, resultantes da gordura que se acumula sobre o ferro da assadeira, pois a cobertura de estanho do flandres desaparece com o passar do tempo, deixando o ferro exposto, que só não enferruja porque a gordura se acumula, deixando a assadeira preta e constantemente suja”, relata Buono.
       Daqui por diante, a seguir o exemplo dos equipamentos, os fabricantes de acessórios só produzirão suas assadeiras, sejam planas ou onduladas, lisas ou perfuradas, em materiais mais nobres como alumínio, inox ou similares, metais que não enferrujam e de fácil limpeza, e sem dúvida de muito maior durabilidade que as anti-higiênicas bandejas de flandres. O preço do alumínio e do aço inox é mais alto que o do flandres, mas o investimento compensa pela vida útil muito, mas muito maior das novas assadeiras.
          Esta Norma Técnica está em vigor, os principais fabricantes nacionais já fabricam seus produtos de acordo com a NBR, e a ABIEPAN desta forma vem se consolidando como uma entidade que dá muita atenção às ações que tenham um cunho técnico. Agora, cabe aos usuários recusar produtos de baixa qualidade feitos com materiais que agora passam a ser ilegais, e aos órgãos de vigilância sanitária fiscalizar com seriedade para eliminar de vez assadeiras pretas ou enferrujadas em nossas padarias, colocando em risco a saúde dos consumidores.
 

 

QS 01, Rua 210 lote 18, Águas Claras - DF, CEP: 71950-770

+55 (61) 3563-1314 / (61) 3563-4776 / (61) 3562-2064

Facebook
Realizado por Amplitude Web.